Portal do Governo Brasileiro

Rede Bom Dia: Semana Nacional de Educação Financeira destaca uso consciente do dinheiro

Rede Bom Dia: Semana Nacional de Educação Financeira destaca uso consciente do dinheiro

150 150 ENEF

Proposta é capacitar o público para compreender a importância da geração de renda

Por 

A 5ª Semana Nacional de Educação Financeira segue até domingo (20) com o objetivo de capacitar o cidadão para lidar com o dinheiro e com o sistema financeiro. O público pode participar, gratuitamente, de ações de educação financeira, realizadas por instituições públicas e privadas em todo o país. O evento começou na segunda-feira (14).

Mais de 3,6 mil ações foram promovidas em 2017, por 101 instituições, englobando 3 milhões de pessoas em 21 cidades de 17 estados brasileiros. A proposta é capacitar o público para que compreenda a importância da geração de renda e da administração dela para a sua adequada sobrevivência por toda a vida.

Busca pela vida financeira equilibrada

A mobilização sobre educação financeira também visa ao desenvolvimento de comportamentos e atitudes voltados para a manutenção da vida financeira estável, o que, na avaliação de especialistas, é possível quando os gastos são menores que os ganhos. Com isso, na prática, é possível acumular uma reserva financeira e as dívidas passam a ser contraídas somente para constituir patrimônio.

Para reconhecer a importância da mobilização e mostrar que o desafio sobre educação financeira é de todos, instituições privadas integram a Enef (Estratégia Nacional de Educação Financeira). Ela é uma iniciativa pública que trata a educação financeira e previdenciária como ferramenta de inclusão social e de promoção da estabilidade social.

Quem coordena as ações de educação financeira

As ações de educação financeira são coordenadas pelo Conef (Comitê Nacional de Educação Financeira), que é constituído por órgãos e entidades públicas e representantes da sociedade civil.

Além disso, a Semana Nacional de Educação Financeira estimula o desenvolvimento de ações alinhadas às políticas da Enef que contribuam para promover conhecimento, informação e educação financeira.

Para motivar o processo de educação financeira em todo o ciclo de formação de crianças e jovens, a Enef já desenvolveu o Programa Educação Financeira nas Escolas. A proposta é levar, para dentro da sala de aula, discussões e esclarecimento em torno do assunto que impacta diretamente no dia a dia das pessoas.

Programas similares são coordenados pela Associação de Educação Financeira do Brasil. Essa instituição desenvolve tecnologias sociais e educacionais que podem ser reaplicadas por qualquer pessoa ou organização, o que possibilita a escalada necessária e importante para o tema educação financeira

Propostas de temas

Entre as diversas discussões propostas para a Semana Nacional de Educação Financeira estão temas como educação de jovens potenciais, educação financeira módulo master, como investir na bolsa de valores, consumo consciente, a história das coisas.

Também estão disponíveis cursos sobre economia familiar, cada vez mais crescente e importante no contexto da globalização, assim como educação financeira entre pais e filhos.

A mobilização também oferece discussões sobre como relacionar aspectos da vida, como dinheiro e relacionamento, educação financeira cooperativa para crianças, além de módulos básicos que explicam o que é educação financeira, detalhadamente.

Durante o evento no país, especialistas e representantes de instituições de reúnem para orientar o público sobre como desenvolver de forma mais eficaz a educação financeira no dia a dia. Também são oferecidos módulos sobre gestão financeira, mostrando ao público a importância do controle do dinheiro até a tomada de decisão para que ele seja investido em determinada área.

Para saber mais, acesse: www.semanaenef.gov.br

Clique aqui e confira a reportagem.

Coordenação e Execução dos Programas
MEMBROS DO COMITÊ NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA (CONEF)




    FONTE
    ALTO CONTRASTE