Portal do Governo Brasileiro

UFPB é a primeira do país a formar especialistas em educação financeira por EAD

UFPB é a primeira do país a formar especialistas em educação financeira por EAD

150 150 ENEF

Clique aqui para ler a matéria diretamente no portal da UFPB

Na última terça-feira (24), ocorreram as primeiras defesas de Trabalho de Conclusão de Curso

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é a primeira Instituição de Ensino Superior (IES) do país a formar especialistas em educação financeira por meio da Educação à Distância (EAD).

Na última terça-feira (24), ocorreram as defesas dos trabalhos de conclusão de curso da primeira Especialização em Educação Financeira do Brasil entre as IES federais, na modalidade lato sensu.

Defenderam Rosangela Oliveira, professora da escola municipal Matias Duarte Rolim e da Faculdade Santa Maria, localizada em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba; e Geilton Melo, docente da Escola Cidadã Integral Técnica Monsenhor Odilon Alves Pedrosa, em Sapé, na Mata paraibana.

Os estudos, intitulados “A difusão da educação financeira entre os servidores públicos do município de Cajazeiras-PB” e “Percepções dos alunos da inserção da educação financeira no ensino médio: Um estudo de caso no município de Sapé–PB” se dedicaram a analisar qualitativamente aspectos da educação financeira, contribuindo para estabelecer a temática nas suas localidades.

Participaram das bancas Bruno Frascaroli, orientador e coordenador do curso; Claudia Forte, examinadora e superintendente da Associação de Educação Financeira do Brasil/AEF-Brasil; e Márcia Fonseca, examinadora e coordenadora geral de acompanhamento e avaliação das pós-graduações da UFPB.

O curso, reconhecido pelo Ministério da Educação, é ofertado pelo Departamento de Economia do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPB, no campus I, em João Pessoa.

É fruto da parceria formada entre a UFPB, a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil), a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) e a Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB).

A capacitação ofertou inicialmente 80 vagas e segue as experiências mais modernas do lato sensu estabelecidas sobre o tripé de ensino, pesquisa e extensão, a fim de qualificar os professores da rede estadual de escolas públicas do Estado. Mais informações podem ser obtidas na página da especialização ou por meio de suas redes sociais (@ceefufpb).

Ascom/UFPB

COORDINACIÓN Y EJECUCIÓN DE LOS PROGRAMAS
Em função do DECRETO Nº 9.759, DE 11 DE ABRIL DE 2019, a Governança do CONEF está sendo revisitada.




FONTE
ALTO CONTRASTE